Setúbal é uma cidade rica em valores, saberes
e multiculturalidade.

Divisão de Inclusão Social/Gabinete de Gestão e Intervenção Social

Divisão de Inclusão Social/Gabinete de Gestão e Intervenção Social

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
sexta, 08 junho 2012 16:31

Fotogaleria

sexta, 08 junho 2012 13:45

Contactos

 

Morada: Rua da Figueira Grande, 37E, Bairro da Bela Vista, Setúbal

Telefone: 265 724 466 | Fax: 265 771 237

Atendimento: De segunda a sexta-feira

Horário: Das 09h00 às12h30 e das 14h00 às 17h30

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Contacte-nos

Envie a sua dúvida ou sugestão através do seguinte formulário.

Assim que possível receberá resposta no seu e-mail.

Nome


E-mail *


Título


Mensagem *


Receber uma cópia desta mensagem no meu e-mail

sexta, 08 junho 2012 11:10

2 Público Alvo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Curabitur augue odio, sollicitudin sed aliquam fermentum, fermentum ut ligula. Mauris non leo in velit condimentum faucibus sed vitae ante. Ut bibendum tincidunt eros, vel blandit turpis tempor at. Cras condimentum, justo et pulvinar euismod, libero odio varius justo, sit amet semper lectus nisl in magna. Nulla quis consequat nisi. Integer vitae velit libero. Nunc sit amet dolor sit amet quam pulvinar bibendum. Duis condimentum nulla vel ligula scelerisque sit amet faucibus mi scelerisque. Nulla nunc justo, tempus at auctor nec, vulputate a dui. Nullam in enim ipsum. Suspendisse egestas convallis nisl, eget luctus diam interdum nec.

Nunc vel nunc tellus. Duis sit amet elit ac nulla ullamcorper volutpat id sit amet diam. Nulla sapien dolor, euismod sit amet feugiat non, cursus sit amet nibh. Cras molestie eros a dolor auctor rutrum. Ut aliquet pulvinar scelerisque. Sed mollis tristique massa vel porta. Curabitur porta, arcu ac ultrices fermentum, diam felis feugiat lacus, in vulputate purus metus ut quam. Sed ac ligula metus, id sagittis nibh. Ut dictum metus a ante faucibus vehicula. Sed pellentesque, lorem a facilisis sollicitudin, dui nulla imperdiet massa, ac consectetur nulla augue vel eros. Mauris velit velit, facilisis et vestibulum eu, sagittis ac massa. Vestibulum a neque sit amet est volutpat ornare vel ut elit. Duis commodo accumsan dolor et consectetur. Ut quis felis erat. Sed a libero eu justo laoreet hendrerit eget sed mauris. Aliquam vel urna at diam pulvinar tempor.

terça, 05 junho 2012 15:46

Entidades Parceiras

Dummy entry for a module "Entidades" to show.

We disabled any kind of information display about this item so it seems it is a blank page with only that module showing.

Em conformidade com os objetivos preconizados pelo Observatório Social da bela Vista, procurando manter  um sistema de informação actualizada sobre a população residente, possibilitando a monitorização e avaliação do impacto da intervenção, desenvolvida pelas diferentes várias entidades que intervêm no território, foi desenvolvido o Estudo aos Modos de Vida da População dos Bairros da Bela Vista (2007). Este documento visa caracterizar e quantificar as problemáticas sociais existentes  e emergentes no território da Bela Vista. Simultaneamente, identifica potencialidades e constrangimentos no tecido social e institucional, apresentando um conjunto de recomendações que contribuem e oferecem pistas orientadoras para a implementação de medidas de intervenção, alertando para a importância da definição de um Plano Estratégico Comum, visando o desenvolvimento social do território e da população nele residente.

terça, 05 junho 2012 10:33

Planta geográfica

legenda1

legenda2

legenda3

legenda4

sexta, 01 junho 2012 15:34

Últimas vidas

Peça de teatro "Últimas vidas" estreia próxima Sexta-feira.

sexta, 01 junho 2012 14:35

A nossa História

Enquadramento

O Observatório Social da Bela Vista (OSBV) surgiu da necessidade sentida, por diferentes entidades que operam nos bairros da Bela Vista, de criar uma estrutura que centralizasse informação atualizada, servindo de suporte para um conhecimento mais aprofundado das potencialidades e constrangimentos inerentes àquele território, facilitando a definição de políticas de intervenção social concertadas.

Em 2006 foi realizado um inquérito à população residente nos bairros da Bela Vista que permitiu obter uma “radiografia” do território, proceder à identificação de potencialidades e constrangimentos e apontar pistas de intervenção, posteriormente apresentadas no documento Estudo aos Modos de Vida da População dos Bairros da Bela Vista (2007).

O OSBV pretende, assim, fomentar o funcionamento de uma rede interinstitucional, promovendo o intercâmbio de experiências e partilha de informações, contrariando a inexistência de estratégias e práticas integradoras da ação das múltiplas instituições existentes (uma das várias necessidades detetadas).

Desta forma, foi contemplado na Candidatura do Programa PROQUAL – Ações Imateriais, a candidatura do Observatório Social da Bela Vista (2005).

 

Objetivos Gerais

  1. Avaliar o impacto da intervenção das várias entidades que operam nos bairros da Bela Vista e zona envolvente;
  2. Manter um sistema de informação atualizado sobre o território de intervenção;
  3. Estudar/acompanhar a zona de intervenção dos bairros da Bela Vista e área envolvente, através de um conjunto de indicadores ao nível de seis áreas fundamentais: educação/formação, saúde, habitação, ação social e comportamentos de risco.
  4. Potenciar o funcionamento em rede para o intercâmbio de informações entre entidades;
  5. Potenciar a definição de um Plano Estratégico Comum de intervenção.


Metodologia

De acordo com os objetivos preconizados adotou-se, no âmbito do OSBV, a metodologia de investigação-ação, uma metodologia de investigação orientada para a melhoria da prática nos diversos campos da ação (Jaume Trilla, 1998 e Elliott, 1996). Possui, portanto, um duplo objetivo: obter mudança e aumentar a compreensão sobre determinado fenómeno.

 

Principais das ações desenvolvidas

  • 2004
    • – Contactos com as instituições sediadas e não sediadas na zona da Bela Vista;
  • 2005
    • – Aprovação e formalização do Observatório Social da Bela Vista, através do financiamento do PROQUAL;
  • 2008
    • – Apresentação pública do Estudo aos Modos de Vida da População dos Bairros da Bela Vista, realizado na Fundação Escola Profissional de Setúbal;
  • 2009
    • – Integração do OSBV na carteira de ações QREN/ RUBE- Regeneração Urbana do Bairro da Bela Vista e Zona Envolvente;
    • – Realização do documento: As Crianças e Jovens na Bela Vista - Uma abordagem de investigação e intervenção local com base nos Direitos da Criança
Pág. 6 de 6